segunda-feira, 27 de outubro de 2008

VIVER É IMPRECISO

VIVER É IMPRECISO

Franz Kreuther é um colega da lista de "Blogs Educativos" e que mora em Belém do Pará. A barra de abertura de seu Blog é uma foto do rio Amazonas e que tem uma metáfora maravilhosa: "Este Blog é minha rua. Como quem navega pelos rios da Amazônia, aqui você encontrará cenas de meu cotidiano de educador. E, navegar é preciso..."
Morri de inveja! Daí resolvi mudar também a barra do meu blog e, ao mesmo tempo, busquei inspiração em um "post" que fiz ano passado, onde publiquei minha poesia "Navegar-me", no "Varal de Poesias", da minha querida amiga blogueira, cujo talento agora é reconhecido internacionalmente, Marli Fiorentin.
Não existem mais em nosso planeta regiões geográficas a serem conhecidas como na época das grandes navegações; hoje, os espaços mais importantes - ainda por conquistar - são internos... pessoais. Por isso, as caravelas dessas novas odisséias somos nós mesmos que, num rumo introspectivo, buscamos transpor o " Cabo Bojador”, que delimita os mares conhecidos, indo em direção ao misterioso "além do homem", também em busca de riquezas, mas daquelas preciosidades que "as traças não roem e os ladrões não roubam".
O mar continua tenebroso, salgado de idéias e sentimentos contraditórios, exigindo cada vez mais tecnologia e precisão na navegação. Por isso estou sempre atento à construção desta “nova Escola” de Sagres, que revolucione todos os fundamentos náuticos existentes, que nos ensine a transpor o bojador das paixões, do atraso e da ineficiência... que navegue seguro na imprecisão dos corações humanos... que nos ajude encontrar o “novo mundo”, que torne a vida mais significativa... mais feliz!

9 comentários:

Sonhos & melodias disse...

Olá, nossa estou sendo a primeira a comentar? Fernando, parabéns seu blog ficou ótimo! Recentemente também fiz uma barra em meu blog que, apesar de simples me encantou pois é muito pessoal. É sempre bom conhecer o trabalho dos outros mas principalmente conhecer as pessoas por trás desses blogs. Passarei sempre por aqui.
Abraço

Roseli Venancio Pedroso disse...

Oi, o blog com o qualparticipo do blog educativos é o Bibliotequices e Afins. Mas se quiser conhecer os dois, fique a vontade. Adoro receber visitas.
Abraço

Marli disse...

Fernando!
Você sempre gentil e transbordnado poesia! Obrigada pelo carinho. Tenho orgulho de você, amigo!Abraço!

Professora Gabriele disse...

sou aluna e fã da Marli! adorei cada palavra! eita inveja boa ! rsrsr super beijo!

Beth Vitória disse...

Seu texto é muito bonito!

Foi ralmente muito bom conhecer este blog!

Sucesso!!!!

Franz Kreuther Pereira disse...

Oi,Fernando. Tb tenho me inspirado em outros blogs para incrementar o meu, mas fiquei lisongeado com suas palavras sobre meu humilde blog. Seu blog é muito bom, intelçigente e rico de conteudo. Congratulacoes!
Amazonicamente, Franz

Márcia Paganella disse...

Fernando, você tem razão de que adianta tanta viagem, cultura, conhecimento se não conhecemos a nós mesmos. Quem eu sou? Quem é você? Quem somos em essência? Conhecemos pedaços de nós, mas o todo ainda está para ser descoberto. Talvez só se descortinará esse todo, quando passarmos por situações que exijam que demos o máximo de nós. Ai teremos maior consciência de nosso potencial, de quem somos, para que viemos nesse mundo.
E pior que não nos conhecermos é nos conhecermos e não trabalhar para nos reformular...para mudar.. evoluir.... Esse mar interior ainda é desconhecido, misterioso porém encontramos caminhos que podemos percorrer e o leme dessa nau é nosso poder de discernir o bem e o mal. A cada dia que passa vamos ficando mais lúcidos com mais consciência e essa trajetória de um estado menos consciente para um mais consciente está na mão do nosso arbítrio, da nossa lucidez.
Abraços fraternos.

Adinalzir disse...

Caro Fernando, você é demais! Confesso que fiquei muito sensibilizado com a leveza de sentimentos em todos os seus textos. O conteúdo do seu blog também é excelente.
Muito sucesso para você!
Adinalzir Pereira
http://www.historiaecia.com
http://saibahistoria.blogspot.com

Professor Zeluiz disse...

Também me aventurei escrevendo sobre isso. Tá lá no http://professorzeluiz.blogspot.com/
Um abraço