sábado, 3 de dezembro de 2011

"SOU" - EXPONDO MEUS "TEXTÍCULOS" DO FACEBOOK 06

AGUARDE O VÍDEO CARREGAR

Fotos de 2007
Projetei minha casa, mas não “sou” arquiteto; escrevo muito, tenho blog e editei uma revista, mas não “sou” jornalista; fui um aluno atrasado e indisciplinado e, talvez por isto mesmo, sem modéstia, “sou” um excelente professor/educador. Além disso, atrevo-me a falar de História, Filosofia, religião, política, educação e comportamento


          Nosso cérebro é o hardware (a máquina) que varia muito pouco de pessoa para pessoa, sendo o que realmente caracteriza o indivíduo como tal, não é a massa cinzenta, mas o que está gravado nela, isto é, o software (o programa).
          Segundo o editor Martin Claret, "temos três tipos básicos de programação: a programação genética, da qual não temos nenhum controle; a programação sociocultural, cujo controle é apenas parcial e, finalmente, a autoprogramação, sobre a qual temos controle total e absoluto e, através dela, podemos determinar os rumos para nossas vidas"... tornarmos muito melhor do que realmente somos.
          Para que uma autoprogramação possa ser efetivada, é preciso antes, transformar o sonho em um desejo ardente e manifestá-lo através de palavras que, uma vez verbalizadas, liberem energias capazes de ir ao encontro de pessoas em sintonia com estes desejos e, em sinergia, criar as condições necessárias para a sua realização.
          Outra consideração que não se pode perder de vista é que a concretização dos sonhos depende, como tudo na vida, de vontade persistente e muito esforço pessoal.
          Na verdade, o grande segredo da autoprogramação está na simplicidade dessas palavras: "Pedi e vos será dado; buscai e achareis; batei e vos será aberto. Pois todo o que pede, recebe; o que busca acha; e ao que bate, se abrirá”... Sabem de quem?
          Mais um “textículo” para o meu blog

Um comentário:

Chikita Bakana disse...

Desculpe o trocadilho querido amigo, mas seus "textículos" estão cada vez melhores...
E você, ao contrário do que disse,projetou sua casa, é sim um arquiteto; escreve muito bem, tem um blog excelente e editou uma revista riquíssima com uma qualidade ímpar, melhor que muito jornalista diplomado; foi um aluno atrasado e indisciplinado porque não era "vaquinha de presépio" desde cedo e com toda certeza um excelente professor/educador!!!
Sua capacidade precisa urgentemente ser mais e muito divulgada e aproveitada...
Abraços,

Rita Barroso