quinta-feira, 12 de abril de 2012

AS IGREJAS E O CASAMENTO GAY

ENTREVISTA DE REYNALDO GIANECCHINI APÓS A CURA DO CÂNCER


           Marília Gabriela, no final da entrevista com Reinaldo Gianecchini, diz que o preconceito faz parte da natureza humana, fala que se preocupa muito em controlar qualquer sintoma preconceituoso que detecta em seu coração, e Gianecchini declara que sua religião é o amor.
           Independente do que eu ache ou não a respeito de algumas religiões, o fato concreto é o enorme poder econômico e midiático que elas possuem, são centenas de rádios, jornais e televisões e, por isso, acabam sendo cortejadas pelos governantes e interferindo diretamente na vida política do país, além de elegerem Deputados Estaduais, Federais e Senadores em quase todos os Estados da federação, direcionam a opinião pública de forma preocupante, onde uma minoria especializada em expulsar demônios   influi e compromete toda a estrutura política de um país laico como o nosso... é um novo tipo de curral eleitoral, muito mais eficiente do que na época da República Velha... um curral de almas que influi, decisivamente, na criação de nossas leis
           Estes "políticos" e suas práticas fecham, hoje, o grande círculo do poder, ligando as bases eleitorais aos mais altos escalões da República.  
           Anteontem no programa “Em Pauta”, na GloboNews, a jornalista Elisabete Pacheco, entrevistando o cantor Ney Matogrosso, falou do apoio da classe artística na Campanha a favor da Casamento Civil Igualitário, e fez uma provocação sobre a necessidade de mais mobilizações contra a corrupção, impunidade etc. e acrescento, diante de tanta exploração, por não uma campanha para que as igrejas paguem impostos? A Receita Federal teria um controle maior sobre todos estes prêmios de loteria que elas arrecadam diariamente para comprar redes de televisão, e Deus sabe lá mais o quê.
           Isto sem contar o quanto iria proteger aqueles fieis mais humildes que, no clamor de suas necessidades mais profundas, financeiras e emocionais, fazem doações por impulso, só o ato de formalizar documentalmente estas contribuições já daria tempo para reflexão... todos ganhariam!
      Confesso que não tenho nenhuma ilusão sobre isso... fazer estas igrejas pagarem impostos ou mudar alguma coisa na lei que as impeçam de ganhar dinheiro fácil, seria o equivalente convencer a "Assembléia dos Estados Gerais", antes da queda da Bastilha, votar para que o Primeiro e o Segundo Estado pagassem impostos na França de Luís XVI... Só mesmo outa revolução como aquela.
           Não acredito integralmente na “Teoria da história cíclica”, mas não descarto a possibilidade de um levante popular... e se alguma liderança conseguir despertar o "gigante adormecido" que está no coração de todos estes explorados? Não sei em que grau, mas, cedo ou tarde, as reações sociais aparecerão... Será que por volta de 1780, apenas nove anos antes da Revolução Francesa, alguém imaginaria que as guilhotinas iriam derramar tanto sangue? De uma coisa tenho certeza... por aqui temos bons e adequados pescoços àquelas lâminas afiadas.
           Naturalmente, não quero desviar de um assunto tão importante como a Campanha do Casamento Igualitário, e aqui me manifesto francamente favorável a esta emenda constitucional, e faço isso pensando nas pessoas como seres humanos com direitos e necessidades, e a garantia legal do casamento civil igualitário é para que tenham seus direitos assegurados, e não estar sempre entrando na justiça para fazer valer direitos como heranças, planos de saúde etc., o que há é muito preconceito e desinformação a respeito da lei, mas uma coisa tenho certeza, a luta será difícil... além das igrejas tradicionais que são contra, baseando-se em trechos temporais e ultrapassados da Bíblia (não deixe de clicar), contam ainda, para disseminar o ódio e o preconceito, com a bancada evangélica (clique aqui, e aqui para conhecer uma parte dela) no Congresso Nacional, não toda, mas em sua maioria formada por parlamentares eleitos dentro destas igrejas que me fazem sentir humilhado e impotente diante de tanta obscuridade e poder.
 

 PASTOR RENE KIVITZ

LINKS RELACIONADOS NO BLOGUETANDO:
AQUI, AQUI, AQUIAQUI, AQUI, AQUI, AQUI E AQUI (DEVE TER MAIS, SÓ NÃO ESTOU LEMBRANDO)


$EMENTE?


OS DÍZIMOS E O PODER

       Com todas estas constatações, só mesmo brincando com coisas sérias, como nos vídeos abaixo:
Vai adquirir a toalhinha para liquidar suas dívidas?
Vai curar sua prisão de ventre com o travesseiro ungido?
 

E aqui a atualização feita em 26/junho/2015


Nenhum comentário: