segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

NAVEGAR-ME

Apesar do comentário jocoso do meu genro neste link (https://www.facebook.com/photo.php?fbid=778601965489194&l=6c39989f28), em vez da desculpa dos 500 anos de história, preferi associar a foto aos meus versos:




NAVEGAR-ME

VAIDADES OCULTAS
ORIENTANDO VIRTUDES,
MÁSCARAS DE LUZ
CORROMPENDO ATITUDES.

EGOÍSMO PRESENTE,
DESENCADEANDO DOR,
DESTRUINDO NASCENTES
QUE BROTAM AMOR.

ARRAIGADAS VERDADES
IMPEDINDO O SABER,
CONFUNDINDO OS CAMINHOS
DOS QUE QUEREM APRENDER.

VONTADE INCONTIDA
DE SOLTAR O ESPÍRITO,
DAS MENTIRAS QUE INIBEM
O INEVITÁVEL CRESCER.

DAR VELAS AOS SONHOS,
DESCORTINANDO A VISÃO.
DESFAZENDO OS NÓS
DAS AMARRAS AO CHÃO.

SAIR DA DERIVA
DA FALTA DE VENTOS,
DA VIDA PASSIVA
SEM QUESTIONAMENTOS.

BUSCAR OUTROS RUMOS
MAIS CHEIOS DE NORTE,
NAVEGAR OS SENTIDOS
NA CERTEZA DA SORTE.

RENASCER

NA AGONIA DA TARDE,
PRECEDENDO AS SOMBRAS DA NOITE,
A CLARIDADE É TRAGADA
COMO SE FOSSE PARA SEMPRE
PONDO-SE ENTRE MONTANHAS
QUE ANTES ILUMINARA,
DEIXA O SOL, AS ESTRELAS,
EM INEFÁVEL BELEZA.
EMBAIXO, UM RASTRO SOMBRIO,
OCULTANDO TODOS OS CAMINHOS,
DEIXANDO PERDIDO NAS TREVAS
QUEM SÓ USA OS SENTIDOS.
SENSÍVEIS OBSERVADORES
QUE TRANSFORMAM-SE AO OLHAR PARA O ALTO,
VISLUMBRANDO NA IMENSIDÃO DO COSMO
OS MISTÉRIOS DA PERFEIÇÃO.
FECHANDO UM CÍRCULO DE LUZ,
NO BREVE GIRO DA TERRA,
LIMITA O ESPAÇO INFINITO
COM O BRILHANTE AZUL DA MANHÃ.

VOCAÇÃO


LATIFÚNDIO IMPRODUTIVO, DE DIFÍCIL ACESSO,
MARIMBONDOS E ESPINHOS NA CONQUISTA DO CHÃO.
DOLORIDAS ESTACAS, ARAME FARPADO,
RAZÕES DIVIDIDAS EM GLEBAS PASSIONAIS.
ABUNDANTES CANTEIROS QUE NUTREM O DESTINO,
CULTIVANDO DESCRENÇAS EM SOMBRAS TOTAIS.
TRANSGRIDO ESPAÇOS EM DISTÂNCIAS MENTAIS
ARRANCO DO PEITO LIMITES BANAIS
A DOR DO SULCAR NO ARAR AS ENTRANHAS
ME LEVA A PENSAR NO MUDAR DA SEMENTE.
SEMENTE DE VIDA, GERMINANDO RAZÕES,
FORÇANDO-ME A QUERER CULTIVAR CORAÇÕES

CLIQUE AQUI

Nenhum comentário: