domingo, 24 de outubro de 2021

BOLSAS "REELEIÇÃO"


         PALPITE LEIGO, RASCUNHO E DIVERSÃO ONLINE



LULA E O ESTADO FORTE


“O PAÍS PERDEU O CHÃO, O FUNDO DO POÇO PASSOU A SER MAIS UM ESTÁGIO EM DIREÇÃO ÀS PROFUNDEZAS... O BRASILEIRO AGORA SE DIVIDE ENTRE A FILA DO OSSO E A FILA DO DESEMPREGO, O NOVO BOLSA FAMÍLIA DE R$ 400,00 É MASTIGADO PELA INFLAÇÃO ANTES DE CHEGAR NO BOLSO ” JOSIAS DE SOUZA

          É matemático, como nas leis físicas, toda ação provoca uma reação, é como nos dois e dois são quatro, o povo receberá de volta as ações que agora supostamente são em seu benefício, não existe despesa sem receita.
          O que vemos hoje no governo Bolsonaro é o Centrão expandindo seus domínios da Casa Civil para a Economia, só querem saber dos benefícios que receberão, em votos, nas próximas eleições. Por que não cortam nas Emendas Parlamentares, no Fundo Partidário ou no Fundo Eleitoral?
          Quem em sã consciência não reconhece a necessidade do "AUXILIO BRASIL”? A economia funciona "mais ou menos" como em nossa família*, no país quando se gasta mais do que a receita a consequência tem nome: déficit, inflação, juros altos, dólar alto e bolsa baixa, e o mais  prejudicado lá na frente é exatamente quem supostamente está sendo beneficiado... o povo mais pobre.
          E não se iludam, essa máscara do “socialmente irresponsável”  cabe em qualquer cara, ela não se sustenta, mesmo quando dirigida para “ativos produtivos” que realmente beneficiam o povo como educação, casa própria, crescimento baseado em endividamento, etc., o Estado forte só funciona enquanto obedecer as “leis físicas e matemáticas”*, primeiro mandato, depois é só reação, “igual e em sentido contrário”.
* Contraditório de Luiz Gonzaga Belluzzo, economista do PT





....

Nenhum comentário: