sábado, 25 de fevereiro de 2012

O ALIMENTO DA ALMA E A MORTE DE UM AMIGO

FORMAS DIFERENTES PARA CONTEÚDOS EXATAMENTE IGUAIS.
DOIS VÍDEOS EM QUE O ALIMENTO É APENAS PRETEXTO .

NO FACEBOOK:
PAULINHO DO AMADOR E O NOSSO PATO COM MACARRÃO, UMA FRATERNA DESCULPA GASTRONÔMICA PARA FICAR PERTO DE QUEM SE GOSTA (SEGUNDO VÍDEO).

   Teria sido apenas mais uma reunião se não estivéssemos, agora, morrendo de saudade do Paulinho.
Meu tratamento com o ele sempre foi “parente”, e só por isso montei o vídeo... Uma homenagem a esta prerrogativa do coração: parente por opção... os verdadeiros AMIGOS!
   Eu, Tibetim, Timiguelim, Tiostim, Jorge do amador, Paulinho, Janelão e Vicente repetimos o que sempre fizemos com prazer... tomar pinga e desfrutar a simplicidade de papos despretensiosos, cuja única sofisticação foi colocar macarrão no pato ensopado... Jogamos muita conversa fora.
  “Não adianta fingir, nem mentir pra si mesmo, "na vida a gente tem que entender", definitivamente, que ela não é cor-de-rosa, todos os dias somos atropelados por dores e sofrimentos que independem da nossa vontade, mas ainda assim, "sei a verdade e sou feliz": ("Guardador de Rebanhos" - Fernando Pessoa).
   Admiro e imito os otimistas, os bem-humorados e todos aqueles que tem consciência de que "a vida é pouca e o que vale é se querer" (primeiro vídeo).



2 comentários:

Rocio Rodi disse...

Olá Fernando,
Amizade, amor e as tantas esperanças alimentam nossas almas...
Por aqui experimentaria um "pato no tucupi", ou uma boa maniçoba que cozinha por sete dias... Bota assunto du bão, hem?
Abração!

Marcinha Girola disse...

Fernandão... mil perdões pela demora em passar por aqui... Amigos são as melhores partes de nossas vidas. Que a dor sempre dê espaço para todas as boas lembranças dos momentos que honrosamente guardamos nas mentes e nos corações.