sábado, 12 de dezembro de 2020

EDUCACIONISMO... O PRECONCEITO DA CONVIVÊNCIA


RASCUNHO E DIVERSÃO ONLINE

   
CLIQUE NOS LINKS

   Meu sogro, Miguel Guiné, e minha sobra, Dozina, eram semianalfabetos, contradição com meus pais, dentista (clique) e professora, mas confesso ter aprendido tanto com eles, em termos de sabedoria, quanto aprendi com meus pais, certamente porque a convivência foi na maturidade, por isso gosto sempre de proclamar este aprendizado.
     Passei a vida combatendo qualquer tipo de preconceito, e dentre todos, tem um que nunca falei em sala de aula ou no meu blog, que foi o preconceito de inteligência, exatamente contra sábios como meu sogro e minha sogra.
     Educacionismo é o nome, termo utilizado para identificar um tipo de discriminação caracterizada por um preconceito implícito e sutil demonstrado por pessoas que possuem mais conhecimento às ditas com menos educação escolar, um preconceito muitas vezes ignorado, mas muito presente em nosso dia-a-dia.
   O preconceito de inteligência é aquele que corrige erros gramaticais, ou numa postura superior diz: “eu estudei isto profundamente”, para discutir comigo esse assunto você não pode "se limitar aos livros didáticos", precisa ler fulano ou cicrano, falta humildade intelectual, não sabe contemporizar ou "socializar" um entendimento, gosta de mostrar que sabe mais que as outras pessoas sobre o assunto que realmente domina, não levando em conta que o mais importante na vida, embora pareça redundância, é exatamente a VIVÊNCIA, que esse preconceito mais relacionado ao orgulho, vaidade ou egoísmo (clique, primeira parte) do que propriamente à educação formal.
     

Nenhum comentário: