sábado, 16 de outubro de 2010

FALHA NA COMUNICAÇÃO - NÃO FALAVA DE POLÍTICA PATIDÁRIA

"


POSTAGEM NO MEU GRUPO DE BLOGS EDUCATIVOS, COM CENTENAS DE PROFESSORES DO BRASIL INTEIRO:

“(...) Fernando, age com cinismo (no sentido filosófico da palavra) tem vontade de falar mas não fala, Poe outro pra falar.
Coloca esse pistoleiro da imprensa brasileira no seu blog, virou palanque do PSDB! Se diz revolucionáriomas demonstra ser atrasado das ideias, e contra os avanços populares.
Você dá espaço para pilantras da imprensa brasileira, porque não repercute o Paulo Henrique Amorim (link atualizado em 2014)
ou o Emir Sader e outros.
Não vou dizer que estou decepcionado, porque já tinha intuído suas posições por outros e-mails que tenho visto seus aqui no grupo”.
(clique no link para conhecer o "revolucionário" da citação do professor)
Não faça deduções (ou "intuições")... abra os links para escancarar as idéias


 IMPARCIALIDADE, NEUTRALIDADE E DESPRENDIMENTO IDEOLÓGICO  FORAM OS         ASSUNTOS DA POSTAGEM ANTERIOR, DENTRO DO CONTEXTO "COMUNICAÇÃO", TEMA DE NOSSAS AULAS NO PROJOVEM.
         VEJAM AS DATAS DAS POSTAGEM, NO FINAL, PENÚLTIMO VÍDEO, NO YOUTUBE E A POSTAGEM QUE O OBTUSO PROFESSOR ACHOU QUE FALAVA DE POLÍTICA PARTIDÁRIA, E AQUI A MINHA PARTICIPAÇÃO NA PALESTRA DO FILÓSOFO ISRAEL MATOSO, TAMBÉM SOBRE O MESMO TEMA, COM OS PROFESSORES DO PROJOVEM.


           "Penso. Logo existo". Gosto muito do pensamento de Descartes (na barra superior do blog), mas tratando-se de política, prefiro, Dubito, ergo cogito, ergo sum: "Eu duvido, logo penso, logo existo", ou Nietzsche: "Existo, logo penso", por isso penso que alguns colegas, professores, só existem (nada além disso), já que não consigo entender como um educador que atua em uma sociedade multicultural e diversificada como a nossa, que se espera ensinar seus alunos a pensar com autonomia e independência (nao deixem de clicar), possa, no comentário da postagem anterior*, ficar decepcionado com um colega só porque supõe que ele pensa politicamente diferente... Ele defende o quê? Partido único? Fascismo? Ou simplesmente é partidário da burrice?
            Como disse uma blogueira querida em um comentário numa postagem mais antiga: "Adorei a frase: só a burrice é estática'. Ela poderia até virar um ícone aqui do teu blog (...)"... Tem muita gente precisando ir lá e ler atentamente (E o Professor Amarelou) do primeiro ao terceiro parágrafo.
            Quis filosofar, mas também não entende nada de filosofia, mas acertou... o tiro atingiu o alvo, e nisso não posso deixar de concordar: o Cinismo (sétimo parágrafo) foi uma corrente filosófica, fundada por Antístenes, que pregava, essencialmente, o desapego aos bens materiais, e aí ele falou verdade... não faço parte da "elite dominante" nem do grande capital... e só olhar o pequeno vídeo, do lado direito do blog, ou conferir a opinião (primeiro parágrafo) do meu filho sobre mim a este respeito.
            A comunicação é uma via de mão dupla, um processo pelo qual os indivíduos cooperam, trocam experiências, conhecimentos, ideias, sentimentos e estabelecem relações entre si, manter a autonomia de pensamento e, ao mesmo tempo respeitar opiniões divergentes é um equilíbrio que nem todos conseguem.
            Aproveitando sempre as oportunidades que os nossos relacionamentos diários vão proporcionando, fizemos ontem (14/10/2010), na escola do Aeroporto, uma atividade sobre o papel da comunicação, a nível pessoal e de mídia, e os seus desdobramentos em uma sociedade plural e heterogênea como a nossa, e a filosofia de Descartes entrou em nossas reflexões... "Existo. Logo comunico".
            Cada aluno teve oportunidade de se manifestar livremente e, ao final, cada um pode, também livremente, mostrar seu trabalho, ficando a grande lição: liberdade para materializar um pensamento no papel, e o mais importante... respeito às manifestações contrárias.
            Estou colocando datas para que o professor saiba que eu falava era sobre comunicação na postagem "Lulismo no Poder, e não de política ideológica como ele supôs, hoje, dia 16, ainda sob o efeito dos comentários da ultima postagem, não querendo abordar um assunto tão importante de forma apaixonada, discutimos comunicação e informação entre os professores do Projovem, em nossa capacitação mensal (vídeos abaixo), como se vê, nada é sem sentido, até o "facciosismo" e o estreitamento de ideias de alguns pode colaborar para o bom entendimento das coisas.
            Ainda nos comentários, outro colega citou a demissão da jornalista Maria Rita kehl, no Estadão, mas para não destacar apenas um lado da história e não ficar com uma visão parcial, mostro um caso semelhante, e muito mais grave, a demissão de uma outra jornalista, Salete Lemos, na TV Cultura.

CLIQUE  NA FOTO

            No mais, deixando os desentendimentos de lado, volto aos objetivos da postagem anterior: desprendimento e a imparcialidade filosófica para enxergar a política como se deve olhar todas as coisas: sem facciosismos ou dogmatismos.
* Trouxe o comentário do meu grupo de Blogs Educativos, por isso não coloquei o nome do autor, mas falei desta postagem no grupo para que o professor pudesse se manifestar aqui.

A MANIPULAÇÃO DAS MASSAS PELA MÍDIA:

MANIPULAÇÃO DA MASSA
SAIBA COMO A TV MANIPULA VOCÊ

MANUAL PRÁTICO DA MANIPULAÇÃO DA MÍDIA

O PODER DA MÍDIA

VOCÊ É O QUE VOCÊ (NÃO) VÊ
DESQUALIFICAÇÃO DA NOTÍCIA

SE FOSSEM ATORES, PAULA E FERNANDÃO PASSARIAM FOME
A música teria tudo para fazer sucesso nacional, e até entendo que a causa possa ter sido por ter alguns termos regionais como "Itaquera", "farol", "Moema" e "Jardins", já faz alguns anos que foi lançada e, por "algum motivo", não ouvimos falar dela nas rádios ou vimos nos programas de TV, mas no que ela se refere à mídia, tem tudo a ver com este nosso assunto. Com exceção da “redução da idade penal”, que sou a favor, e espero falar disso brevemente aqui no blog, concordo plenamente com a letra.

Nenhum comentário: